Concurso CODHAB, DF

Cliente
Governo de Brasília
Ano
2016
Números
448 novas UHs
Status
Concluído

GALERIA

OBJETIVOS

“Mas, por entre as chapadas, separando-as (ou, às vezes, mesmo no alto, em depressões no meio das chapadas) há veredas. São vales de chão argiloso ou turfo-argiloso, onde aflora a água absorvida. Nas veredas, há sempre o buriti. De longe, a gente avista os buritis, e já sabe: lá se encontra água. A vereda é um oásis. Em relação às chapadas, elas são, as veredas, de belo verde-claro, aprazível, macio. O capim é verdinho-claro, bom. As veredas são férteis. Cheias de animais, de pássaros.” Guimarães Rosa, 1963

Habitar o cerrado requer astúcia, como escreveu Guimarães Rosa. O semi-árido da capital do país tem clima arredio, mas uma beleza crua e doce, que aparece nas Veredas. Este é o principal conceito do projeto Sol Nascente: construir com a moradia um ambiente urbano equilibrado, confortável e simples. Configurar pátios internos às construções para criar o microclima de vegetação e água que garante o conforto ambiental, além de dar continuidade à natureza bioclimática da região.

PARCEIROS

datas 2016

arquitetos:
Marcos Acayaba
Catherine Otondo – BASE URBANA
Marina Grinover – BASE URBANA

equipe:
Clara Troia Homem de Mello
Daniel Guimarães
Fernanda Salerno
Luisa Fecchio
Maria Gabriela Nascimento
Rafael Alves de Andrade